A empresa alemã WMF (Würtembergische Metallwarenfabrik) foi fundada em 1853 em Geislingen an der Steige, destacando-se desde o seu início como produtora de artigos utilitários e decorativos em diversos metais.

 

O início e o crescimento

Originalmente chamada Metallwarenfabrik Straub & Schweizer, foi aberta como uma oficina de reparação de metais. Através de fusões e aquisições, em 1900 tornou-se a maior produtora e exportadora mundial de utensílios domésticos, principalmente no estilo Jugendstil, o “art Nouveau” alemão, sob a direção do escultor e designer Albert Mayer, que foi diretor de 1884 a 1914.

 

A WMF

Em 1880, depois da Metallwarenfabrik Straub & Schweizer fundir-se com outra empresa alemã, a empresa foi renomeada como Württembergische Metallwarenfabrik (WMF). A partir deste momento, passou a fazer várias aquisições por países. Adquiriu a fábrica de metalurgia polonesa Plewkiewicz, em Varsóvia, em 1886, que se tornou uma subsidiária da WMF em torno de 1900. Em 1890, comprou a Kunstanstalt für Galvanoplastik München, que se especializou em eletrólitos e eletroformagens de estátuas e estatuetas para edifícios, fontes, lápides e jardins.

Durante a década de 1920, a empresa estava produzindo reproduções de obras de bronze da Renascença italiana em grande escala para uma clientela americana.

 

As portas de Lorenzo Ghiberti do Batistério de Florença

Em 1910, o Reale Istituto di Belle Arti da Itália concedeu à WMF o direito exclusivo de ter uma série de reprodução das famosas portas de Lorenzo Ghiberti do Batistério de Florença, exibida na Feira Internacional de Negócios de Leipzig, em 1913, o que gerou um famoso catálogo trilíngue sobre as portas, intitulado “Erztüre des Hauptportals am Baptisterium aus Florenz”.

 

A compra da Orivit AG

Uma outra aquisição importante da WMF foi a compra, em 1905, da Orivit AG, uma empresa conhecida por produzir itens de qualidade no estilo Jugendstil, atendendo o mercado austro-húngaro até o final da I Guerra, em 1918.

 

Os dias atuais

Ao longo dessas décadas, a WMF se destacou no mercado mundial produzindo itens diversos e de raras beleza e qualidade, sendo até hoje, após a aquisição por Kohlberg Kravis Roberts em 2012 e, mais tarde, pelo Grupo SEB, em 2016, uma das empresas alemãs de renome internacional.

 

 

 

Antiguidades e obras de arte

José Márcio Viezzi Molfi é fundador da VM Escritório de Arte, antiquário clássico de São Paulo especializado na comercialização de obras de arte e antiguidades; pesquisa, catalogação, avaliação e gestão de acervos; consultoria em “art investment” para colecionadores e instituições públicas e privadas; realização de exposições e leilões de arte e antiguidades, e assessoria em serviços de restauração.

 

VM Escritório de Arte
José Márcio Viezzi Molfi
Rua Augusta nº 2.203, Loja 18, Galeria América, Cerqueira César, São Paulo-SP
Telefones: 55-11-3311-8578 ou 55-11-99134-4663
Atendimento de segunda-feira a sexta-feira das 9h às 18h
http://www.vmescritarteleiloes.com.br
https://www.facebook.com/marciomolfi/