O Centro dos Relógios Antigos é dedicado à revisão, conserto, restauração e comercialização de relógios antigos nacionais e importados. Ele foi fundado em 1971 por Baltazar Joaquim de Paula e Waldemar Lichtenfels.

 

ENGLISH VERSION

 

O início de uma parceria

Baltazar nasceu em Minas Gerais na cidade de São José da Barra. Ele chegou a São Paulo em 1959 e começou a trabalhar numa empresa de auto-peças instalando travas de direção contra roubo. Foi no final da década de 1960 que Baltazar conheceu Waldemar Lichtendels.

 

Waldemar havia trabalhado com publicidade e passou a se dedicar ao colecionismo de relógios antigos depois da aposentadoria. Com o tempo, começou a trabalhar com a restauração das caixas, evitando mexer nas máquinas. Foi justamente a necessidade de reparar a máquina de um relógio antigo que levou Waldemar a conhecer Baltazar.

 

Baltazar fez o conserto e a máquina ficou perfeita. Ele ganhou a confiança de Waldemar e viu a oportunidade de se dedicar a uma nova profissão. Fez um curso no Senai e, sempre que necessário, buscava o auxílio de outros relojoeiros para aprender as técnicas de reparo. Por prestar atenção, os relojoeiros gostavam de lhe ensinar.

 

Nasce o Centro dos Relógios Antigos

Em 1971, Baltazar e Waldemar abriram em sociedade o Centro dos Relógios Antigos. Quando a loja foi aberta, São Paulo não tinha um lugar especializado nesse tipo de conserto e restauro, o que impedia que colecionadores e outras pessoas tivessem suas raridades em bom estado e funcionando. O Centro dos Relógios Antigos ganhou rapidamente a credibilidade e confiança dos clientes, passando a ser um ponto de encontro de colecionadores. No final da década de 1970, Waldemar, já idoso, se afastou do negócio. Desde então, Baltazar vem conduzindo a loja.

 

O trabalho do Centro dos Relógios Antigos

Segundo Baltazar, o conserto de um relógio antigo é extremamente minucioso. O relógio é inteiramente desmontado para que as peças sejam retificadas. Por se tratar de relógios antigos, únicos em alguns casos, a maior dificuldade é encontrar peças de reposição. Não havendo a peça, o Centro confecciona uma sob medida. Segundo Baltazar, o ideal é que um relógio antigo seja revisado de três em três anos para manter as engrenagens em ordem. Quando o conserto do relógio não é possível, Baltazar aconselha que ele seja guardado como uma lembrança.

 

FOTOS

 

Centro dos Relógios Antigos
Baltazar Joaquim de Paula
Rua Rocha nº 93, Bela Vista, São Paulo-SP
Telefones: 55-11-3289-5633 ou 55-11-98608-4345
E-mail: contato@centrodosrelogiosantigos.com.br;
http://www.centrodosrelogiosantigos.com.br

 

 

Center of the Antique Clocks

The Center of the Antique Clocks is dedicated to the revision, repair, restoration and trade of national and imported antique clocks. It was founded in 1971 by Baltazar Joaquim de Paula and Waldemar Lichtenfels.

 

The beginning of a partnership

Baltazar was born in the city of São José da Barra, Minas Gerais. He moved to São Paulo in 1959 and began to work in a auto parts manufacturer installing steering locks against theft. In the end of 1960s, Baltazar met Waldemar Lichtenfels.

 

Waldemar had worked with publicity and started to collect antique clocks after his retirement. Over time, he began to work with the restoration of the boxes, avoiding to repair the machines. It was precisely the need to repair the machine of an antique clock that led Waldemar to meet Baltazar.

 

Baltazar repaired the machine perfectly. He gained the trust of Waldemar and saw an opportunity to dedicate himself to a new profession. He took a course in Senai and, whenever necessary, sought the help of other clockmakers to learn the techniques of repair. The clockmakers liked to teach him because he was a good apprentice.

 

The birth of the Center of the Antique Clocks

In 1971, Baltazar and Waldemar founded the Center of the Antique Clocks in partnership. When the store was opened, São Paulo did not have a specialized place in this kind of repair and restoration, which prevented collectors and owners from having their rarities working and in good condition. The Center of the Antique Clocks quickly gained credibility and the trust from the customers, becoming a gathering place for collectors. In the late 1970s, Waldemar, already elderly, stepped out of the business. Since then, Baltazar has been leading the shop.

 

The work of the Center of the Antique Clocks

According to Baltazar, the repair of an antique clock is extremely meticulous. The clock is completely disassembled for the analysis, identification and rectification of the parts. As they are antique clocks, uniques in some cases, the greatest difficulty is to find spare parts. If there is not the spare, the Center makes a tailor-made one. According to Baltazar, the ideal is that an antique clock be checked every three years to keep the gears in order. When the repair of the clock is not possible, Baltazar advises to keep it as a souvenir.

 

Center of the Antique Clocks
Baltazar Joaquim de Paula
Rua Rocha nº 93, Bela Vista, São Paulo-SP
Phone numbers: 55-11-3289-5633 ou 55-11-98608-4345
E-mail: contato@centrodosrelogiosantigos.com.br;
http://www.centrodosrelogiosantigos.com.br

 

FOTOS / PHOTOS