O Machado Antiguidades é um antiquário clássico do Rio de Janeiro fundado em 1985 por Manoel Machado. Ele trabalha com Carlos Henrique, seu filho, desde 1990. O Machado Antiguidades é especializado em arte sacra, prataria nacional e estrangeira, lustres, porcelanas, cristais europeus, tapeçaria persa, mobiliário, pinturas e esculturas de época.

A experiência de Manoel e Carlos foi construída com o tempo, principalmente vendo e sentindo as peças. Eles somente compram antiguidades com procedência conhecida, tendo um grande cuidado com a captação. Outro diferencial de seu trabalho é a catalogação. Esses dois cuidados permitem com que eles emitam certificados com fotos e informações das peças vendidas.

 

ENGLISH VERSION

 

Manoel Machado

Manoel Machado nasceu em Cataguazes, Minas Gerais. Aos 14 anos, se mudou para o Rio de Janeiro. Um dos seus primeiros empregos foi numa loja de molduras. Foi trabalhando nessa loja que ele começou a apreciar as pinturas. Seguiu com seus estudos, e em 1960, começou a trabalhar no antiquário Galeria Brasil. Curioso, desde o início acompanhava os leilões de antiguidades. Em 1972, um ano após se formar em Economia, começou seu Mestrado pela PUC-RJ e deixou a Galeria Brasil para começar a trabalhar no Departamento Financeiro da mesma Universidade. No total, foram 27 anos dedicados à Universidade.

 

Machado participa da fundação da Associação Brasileira de Antiquários

Contudo, mesmo trabalhando na PUC, Manoel nunca deixou de trabalhar com antiguidades. Antes mesmo de se formar em Economia, Manoel já havia participado da fundação da Associação Brasileira de Antiquários em 1970. Seu trabalho com antiguidades, em paralelo ao trabalho na Universidade, fez com que ele ficasse conhecido entre os antiquários do Rio como “Manoel da PUC”. Manoel fez questão de manter seu trabalho com antiguidades por ser apaixonado e por representar sua independência profissional.

 

Machado preside a Associação Brasileira de Antiquários

Participando da diretoria da Associação, Manoel viu o início das duas primeiras feiras de antiguidades do Brasil: a Feira da Praça XV, no Rio de Janeiro, em 1978, e do MASP, em São Paulo, em 1979. Manoel foi Presidente da Associação de 1995 a 1998. Foi em sua administração que foi iniciada a Feira de Antiguidades da Gávea no Rio de Janeiro. Como Manoel sempre foi extremamente cuidadoso com a captação das peças, em sua gestão o jornal da Associação passou a trazer fotos e informações de peças roubadas, de forma a alertar o mercado de antiguidades.

 

O nascimento do Machado Antiguidades

Até 1985, Manoel comercializou antiguidades e participou de feiras no Rio e em São Paulo sem ter uma loja. Foi nesse ano que ele abriu o seu primeiro antiquário. Manoel conduziu suas duas atividades profissionais até 1999, quando deixou a PUC. A partir desse ano, passou a se dedicar exclusivamente às antiguidades.

 

Carlos Henrique começa a trabalhar com o pai

Em 1990, Manoel inaugurou sua segunda loja. Foi quando seu filho, Carlos Henrique Machado, então com 15 anos, começou a trabalhar lhe auxiliando em uma das lojas. Sendo mais preciso, desde pequeno Carlos já acompanhava seu pai nos leilões e nas feiras. Manoel conta que quando alguém reclamava que Carlos, então criança, estava mexendo em uma antiguidade, ele sempre respondia que aquela criança sabia manusear uma antiguidade melhor que muitos adultos. Carlos se deu conta de todo o conhecimento que já havia acumulado quando fez uma viagem para a França aos 19 anos. Nos museus, ele fazia explicações para seus amigos sobre os objetos expostos, deixando a todos impressionados. Começou a se envolver com o antiquário antes mesmo de se formar em Administração de Empresas pela UFRJ.

 

reliquiano-machado-antiguidades-manoel-machado-carlos-henrique-machado-arte-sacra-prataria-lustres-porcelanas-cristais-tapecaria-persa-mobiliario-pinturas-esculturas-2reliquiano-machado-antiguidades-manoel-machado-carlos-henrique-machado-arte-sacra-prataria-lustres-porcelanas-cristais-tapecaria-persa-mobiliario-pinturas-esculturas-3reliquiano-machado-antiguidades-manoel-machado-carlos-henrique-machado-arte-sacra-prataria-lustres-porcelanas-cristais-tapecaria-persa-mobiliario-pinturas-esculturas-4reliquiano-machado-antiguidades-manoel-machado-carlos-henrique-machado-arte-sacra-prataria-lustres-porcelanas-cristais-tapecaria-persa-mobiliario-pinturas-esculturas-5reliquiano-machado-antiguidades-manoel-machado-carlos-henrique-machado-arte-sacra-prataria-lustres-porcelanas-cristais-tapecaria-persa-mobiliario-pinturas-esculturas-6reliquiano-machado-antiguidades-manoel-machado-carlos-henrique-machado-arte-sacra-prataria-lustres-porcelanas-cristais-tapecaria-persa-mobiliario-pinturas-esculturas-7

reliquiano-machado-antiguidades-manoel-machado-carlos-henrique-machado-arte-sacra-prataria-lustres-porcelanas-cristais-tapecaria-persa-mobiliario-pinturas-esculturas-8

Cavalo em madeira (pinho de riga) que pertenceu ao Presidente João Batista Figueiredo. Não está a venda

 

 

Machado Antiguidades

Manuel Machado e Carlos Henrique Machado

Rua Siqueira Campos, nº 143, Piso 2, Loja 35, Shopping dos Antiquários, Copacabana, Rio de Janeiro-RJ

Telefone: 55-21-2547-9988

http://www.machadoantiguidades.com.br/

https://www.facebook.com/MachadoAntiguidades/

Instagram: @machadoantiguidades.rj

 

 


MACHADO ANTIQUES: BRAZILIAN CLASSIC ANTIQUES

Machado Antiques is a classic antique shop from Rio de Janeiro. It was founded in 1985 by Manoel Machado.

 

 

Manoel Machado

Manoel Machado was born in Cataguazes, Minas Gerais. At age 14, he moved to Rio de Janeiro. One of his first jobs was in a frame shop. Working at the store, he began to appreciate the paintings. He continued with his studies, and in 1960, began to work in the antique shop Galeria Brasil. Curious, from the beginning he accompanied the antique sauctions. In 1972, a year after graduating in Economics, he began his Master’s degree in PUC-RJ and left Galeria Brasil to start to work in the Financial Department of the University. Altogether, were 27 years dedicated to the University.

 

Machado, one of the founders of the Brazilian Antique Delaers Association

However, even while working at PUC, Manoel never stopped working with antiques. Before graduating in Economics, Manoel had already participated in the founding of the Brazilian Antique Dealers Association in 1970. His work with antiques, in parallel with his work at the University, made him known among Rio’s antique dealers as “Manoel da PUC”. For Manoel was important to continue his work with antiques because he was passionate and it represented his professional independence.

 

Machado, the President of the Brazilian Antique Delaers Association

Taking part in the Association’s board of directors, Manoel saw the beginning of the first two antique fairs in Brazil: the Praça XV Fair in Rio de Janeiro, in 1978, and the MASP Fair in São Paulo, in 1979. Manoel was the President of the Association from 1995 to 1998. It was in his administration that the Antique Fair of Gávea was started in Rio de Janeiro. As Manoel was always extremely careful with the capture of antiques. Under his presidency, the Association’s newspaper started to bring photos and information of stolen objects, in order to alert the antiques market.

 

The Birth of Machado Antiquities

Until 1985, Manoel sold antiques and participated in fairs in Rio and São Paulo without having a store. It was in that year that he opened his first antique shop. Manoel conducted his two professional activities until 1999, when he left the PUC. From that year, he started to dedicate himself exclusively to antiques.

 

Carlos Henrique starts to work with his father

In 1990, Manoel opened his second store. It was when his son, Carlos Henrique Machado, then 15 years old, began to work helping his father in one of the stores. Being more precise, since little Carlos had accompanied his father at the auctions and the fairs. Manoel says that when someone complained that Carlos, then a child, was stirring with an antique, he always replied that the child knew how to handle an antique better than many adults. Carlos realized all the knowledge he had accumulated when he made a trip to France at age 19. In museums, he would explain to his friends about the exhibits, leaving everyone impressed. He began to get involved with the antique shop before he even graduated in Business Administration in UFRJ.

 

The Machado Antiques

The Machado Antiques is market benchmark. Its experience was built over time, especially seeing and feeling the pieces. Manoel and Carlos only buy pieces of known origin, taking great care with the capture. Another differential of his work is cataloging. These two cares allow them to issue certificates with photos and information on the objects sold. The Machado Antiguidades works with sacred art, national and foreign silverware, chandeliers, porcelain, European crystals, Persian tapestry, furniture, period paintings and sculptures.