Moises Escorsi trabalha com a restauração de Jukeboxes. Ele também realiza restaurações customizadas para seus clientes.

 

Moisés e as Jukeboxes

No início da Década de 1970, o pai de Moisés Escorsi, Henrique, instalou uma jukebox em um dos seus três bares no Largo do Arouche em São Paulo. Foi um sucesso. Alguns anos depois, Henrique passou a trabalhar exclusivamente com jukeboxes. Para que o negócio prosperasse, sua família passou a ajudá-lo. Enquanto ele cuidava das máquinas de São Paulo, a mãe de Moisés, Elza, cuidava das máquinas de Marília.

Moisés cresceu em meio as jukeboxes guardadas na casa de sua família, sede da empresa de seu pai. Em 1989, a família de Moisés expandiu os negócios ao comprar a operação de Ribeirão Preto que estava sendo vendida por uma operadora de Campinas.

 

Moisés assume a empresa numa fase de muitas mudanças no mercado

Em meados da Década de 1990, quando as jukeboxes de vinis já vinham sendo substituídas pelas de CDs, Moisés passou a ser o responsável pela empresa. No início dos anos 2000, o mercado viu uma nova mudança: as jukeboxes de CDs começaram a ser substituídas pela digitais. Devido a rápida mudança de tecnologia e ao alto investimento nas jukeboxes de CDs, que eram importadas dos Estados Unidos e da Alemanha, muitas delas foram convertidas em digitais.

 

Moisés se envolve com a restauração de jukeboxes

Em 2006, o mercado vivia um momento delicado quando Moisés teve a oportunidade de comprar um lote de 20 jukeboxes de CDs de um operador do Rio de Janeiro. Quando soube da compra que estava em vias de ser fechada, André, amigo de Moisés, lhe pediu para que incluísse no lote uma máquina para ele. Em 2010, André procurou Moisés para lhe pedir uma coisa que até então ele ainda não havia feito: a restauração de sua jukebox.

 

Moisés passa a se dedicar a restauração de jukeboxes

Moisés aceitou o desafio, e como o resultado ficou excelente, decidiu fazer uma experiência. Ele restaurou outra jukebox de CDs e a ofertou no Mercado Livre. A máquina foi vendida rapidamente. Percebendo a demanda do mercado, Moisés passou a se dedicar a restauração de jukeboxes para revendê-las. Num primeiro momento, ele restaurava as máquinas de CDs, mas em pouco tempo passou a ser procurado por pessoas interessadas em restaurar suas jukeboxes de vinis.

 

O trabalho de restauração de Moisés

Moisés já restaurou jukeboxes fabricadas pela Wurlitzer, Rowe Ami, Seeburg, NSM e Rock-Ola. As jukeboxes mais antigas restauradas por Moisés foram as máquinas Wurlitzer 750 de 1941, 1015 de 1946 e 1250 de 1951. As três jukeboxes mencionadas são raríssimas no Brasil e, inclusive, no exterior. Trabalhando com a restauração de jukeboxes, Moisés também já atendeu pedidos de seus clientes para que restaurasse geladeiras antigas, coolers, lustres e orelhões. Suas restaurações são feitas para recuperar o estado original da peça, mas podem ser feitos projetos customizados em conformidade com o pedido do cliente.

 

moises (1 de 9) (1)

Esquerda: Wurlitzer OMT de vinis, ano 1985; Direita: Wurlitzer OMT de CDs, ano 1994

moises (5 de 9)

Esquerda: Wurlitzer 1250, ano 1951; Direita Rock-Ola Gazelle 1994

moises (7 de 9)

Wurlitzer 1250, ano 1951

moises (9 de 9)

Wurlitzer OMT de vinis, ano 1985

moises (8 de 9)

Wurlitzer OMT de vinis, ano 1985

6

Luminária Thomson importada dos Estados Unidos e utilizadas nas cidades do Rio e de São Paulo. Década de 1920

5

Carrinho de churrasco com pé de máquina de costura Singer

4

Geladeira Prosdócimo da Década de 1960

3

Geladeira Clímax da Década de 1960 transformada em Geladeira Kombi

1

Orelhão Telesp da Década de 1980 adaptado como telefone fixo a pedido do colecionador

 

Moisés Escorsi

Telefones: 55-16-99793-7918 e 55-16-3877-0974

Site: http://www.jkx.com.br

Instagram: Jkx Jukebox (@jkxjukebox);

Facebook: Jukebox Jkx;

E-mail: moisesescorsi@gmail.com

 

Crédito das fotos: Paula Abi Rached.