Os primeiros campeonatos de futebol do Rio de Janeiro, Distrito Federal, foram disputados em 1906. Foram eles os Campeonatos da Primeira e da Segunda Divisão.

O Campeonato da Primeira Divisão era organizado em Primeiros e Segundos Quadros. Como não eram permitidas substituições durante as partidas, os titulares faziam as partidas de Primeiros Quadros e os reservas disputavam as preliminares pelo Campeonato de Segundos Quadros.

Antes de 1906, já existiam clubes dedicados a prática de futebol como o Fluminense Football Club, fundado em 21/07/1902, o Bangu Athletic Club, 17/04/1904, o Football and Athletic Club, 27/06/1904, o Botafogo Football Club, 12/08/1904, e o America Football Club, 18/09/1904. Além deles, havia o Paysandu Cricket Club (Rio de Janeiro) e o Rio Cricket Club (Niterói), clubes das comunidades inglesas que se dedicavam a prática de diversas modalidades esportivas, entre elas o futebol. Podemos também incluir nesse grupo o Richuelo Footabll Club, fundado em 19/10/1905, e a Associação Athlética do Colégio Latino Americano, que disputaram a Segunda Divisão de 1906. Foi graças ao esforço desses clubes e de seus desportistas que o campeonato de futebol do Rio de Janeiro teve início.

O Campeonato de Primeiros Quadros foi iniciado no dia 03/05/1906 com a partida Fluminense 7×1 Paysandu. No dia 06/05/1906, três dias depois, foi iniciado o Campeonato de Segundos Quadros com a partida Football & Athletic 3×1 Rio Cricket. Os dois campeonatos seriam disputados por pontos corridos com turno e returno. A única diferença é que o Campeonato de Primeiros Quadros teria seis equipes enquanto o Campeonato de Segundos Quadros teria cinco, pois o Paysandu disputou apenas o Campeonato de Primeiros Quadros. Se não fosse esse detalhe, os dois campeonatos teriam começado na mesma data.

Por mais que as equipes fossem amadoras, os campeonatos eram extremamente competitivos. Outra característica dessa época era a duração dos campeonatos. O Campeonato da 1ª Divisão de 1906 foi disputado no decorrer de 6 meses, de 03/05/1906 até 28/10/1906, com os clubes disputando apenas 10 partidas. Era comum uma equipe demorar 15 dias ou mais para voltar a jogar.

Foi num desses espaços que o Botafogo fez a sua primeira viagem para São Paulo para disputar apenas um jogo, o seu primeiro amistoso interestadual. Depois da partida contra o Bangu realizada no dia 15/07/1906 (Bangu 3×2), o Botafogo viajou para enfrentar a Seleção de São Paulo. O jogo aconteceria no Estádio do Velódromo no dia 04/08/1906. O Botafogo derrotou a seleção paulista por 2×1 e recebeu o primeiro troféu de futebol de sua história: o Troféu Bronze Elihu Root. O Troféu foi entregue ao capitão alvi-negro, Octávio Werneck, pelo próprio Elihu Root, Secretário de Estado dos Estados Unidos que estava em visita oficial ao Brasil e que havia assistido a partida.

O Troféu Bronze Elihu Root é o troféu retratado na fotografia principal desse artigo, sob a guarda dos bustos de Garrincha, à esquerda, e Nilton Santos, à direita.

No dia 19/08/1906, o Botafogo entrava novamente em campo pelo Campeonato Carioca para disputar a partida contra o Paysandu (Paysandu 4×1).

Se o Botafogo não ia bem no Campeonato de Primeiros Quadros (terminaria na quarta colocação entre seis clubes), o mesmo não se podia dizer da equipe de Segundos Quadros. Num campeonato extremamente disputado, o Botafogo conquistou o título na sua última partida, realizada no dia 07/10/1906, quando venceu o Rio Cricket por 3×0 em Niterói, chegando a 14 pontos e não podendo mais ser alcançado pelo Fluminense, que terminaria com 13 pontos. Com esse título, o Botafogo conquistou o primeiro campeonato da história do futebol carioca (Segundos Quadros), pois o Fluminense conquistaria o campeonato de Primeiros Quadros uma semana depois, ao vencer o mesmo Rio Cricket por 4×1 em Niterói no dia 14/10/1906. Por sua conquista, o Botafogo recebeu seu primeiro troféu oficial: a Taça Caxambú.

IMG_2524

A Taça Caxambú

Nos cinco primeiros anos do campeonato carioca, o Botafogo conquistou os títulos de Segundos Quadros de 1906, 1907, 1909 e 1910. O seu primeiro campeonato de Primeiros Quadros foi conquistado em 1910, quando o clube recebeu a alcunha que o marca historicamente: Glorioso. Em 1996, depois de 89 anos, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro declarou Botafogo e Fluminense os campeões de 1907, passando esse campeonato a ser a primeira conquista de Primeiros Quadros do Botafogo.

Cabe ressaltar que o Troféu Bronze Elihu Root e a Taça Caxambú, os primeiros troféus de futebol do Botafogo, são também os dois primeiros troféus da história do futebol carioca.

Reliquiando..

O início do futebol em São Paulo – Se os clubes do Rio de Janeiro ainda demoraram um tempo para organizarem os primeiros campeonatos, o início do futebol em São Paulo foi diferente. A Liga de Football Paulista foi fundada em 1901, e já em 1902 foi disputado o primeiro campeonato da cidade, o primeiro do Brasil. O São Paulo Athletic (SPAC), atual Clube Atlético São Paulo, conquistou os três primeiros campeonatos: 1902, 1903 e 1904. Os três campeonatos foram disputados por pontos corridos com turno e returno, porém SPAC e Paulistano terminaram os três campeonatos empatados e tiverem que decidi-los em partidas extras. O SPAC venceu as três decisões, tornando-se o primeiro tricampeão paulista e conquistando em definitivo a Taça Antônio Casimiro Costa, o primeiro troféu oficial do Brasil. O Paulistano conquistaria o campeonato de 1905 e o Germânia, atual Pinheiros, o de 1906. Um dos principais jogadores do SPAC naquela época era o brasileiro Charles Miller, introdutor do futebol no Brasil.

Os três clubes mencionados ainda existem, mas o SPAC disputou seu último campeonato em 1912, o Paulistano em 1929 e o Germânia em 1932.

O primeiro campeonato da segunda divisão do Rio de Janeiro – O primeiro campeonato da segunda divisão do Rio de Janeiro foi disputado por apenas três clubes: Riachuelo Football Club, America Football Club e Associação Atlética Colégio Latino Americano. Da mesma forma que o campeonato da primeira divisão de Primeiros e Segundos Quadros, o campeonato da segunda divisão foi disputado por pontos corridos com turno e returno. Cada equipe disputou apenas quatro partidas. Riachuelo e America terminaram a competição empatados com 5 pontos e disputaram a decisão do campeonato no dia 28/10/1906, quando o Riachuelo derrotou o America por 5×1 e se sagrou o primeiro campeão carioca da segunda divisão.

O primeiro Campeonato de Segundos Quadros da 2ª Divisão aconteceu em 1911 e foi vencido pela São Cristóvão Athletic Club, atual São Cristóvão de Futebol e Regatas.

O Campeonato de Segundos Quadros da Primeira Divisão – O Campeonato de Segundos Quadros da Primeira Divisão foi disputado de 1906 a 1934. Em 1912 e 1924, o Rio de Janeiro teve dois Campeonatos de Segundos Quadros pois aconteceram dois campeonatos de futebol.

Em 1912, a Liga Metropolitana de Sports Athléticos (LMSA) organizou os campeonatos vencidos pelo Paysandu (Primeiros Quadros) e Flamengo (Segundos Quadros), e a Associação de Football do Rio de Janeiro (AFRJ) os campeonatos vencidos pelo Botafogo (Primeiros Quadros) e Germânia (Segundos Quadros).

Em 1924, a Associação Metropolitana de Esportes Athléticos (AMEA) organizou os campeonatos vencidos pelo Fluminense (Primeiros e Segundos Quadros), e a Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT) os campeonatos vencidos pelo Vasco (Primeiros e Segundos Quadros).

Na Década de 30, devido a divergências entre os defensores do amadorismo e do profissionalismo, o Rio de Janeiro voltou a ter dois campeonatos nos anos de 1933, 1934, 1935 e 1936. Os dois últimos Campeonatos de Segundos Quadros foram disputados em 1933 e 1934. Eles foram organizados pela AMEA, responsável pelos campeonatos amadores, e os seus últimos campeões foram o Olaria, 1933, e o Mavílis, 1934. Os campeonatos amadores de 1935 e 1936 foram organizados pela Federação Metropolitana de Desportos (FMD), substituta da AMEA, mas sem o Campeonato de Segundos Quadros.

A Liga Carioca de Football (LCF), responsável pelos campeonatos profissionais de 1933, 1934, 1935 e 1936, não organizou o Campeonato de Segundos Quadros.

Em 1937, houve a pacificação e a reunificação do campeonato carioca através da Liga de Futebol do Rio de Janeiro. Em 1941, foi criado o Campeonato de Aspirantes. Com exceção de 1969, esse campeonato foi disputado ininterruptamente de 1941 a 1970, quando o Flamengo venceu sua última edição.

Campeões dos Campeonatos de Segundos Quadros (31 edições):

  • Flamengo, 9 títulos: 1912 (LMSA), 1913, 1914, 1916, 1917, 1918, 1925, 1927 e 1931;
  • Botafogo, 6 títulos: 1906, 1907, 1909, 1910, 1915 e 1922;
  • America, 6 títulos: 1919, 1923, 1926, 1929, 1930 e 1932;
  • Fluminense, 4 títulos: 1908, 1911, 1921 e 1924 (AMEA);
  • Vasco, 2 títulos: 1924 (LMDT) e 1928;
  • Conquistaram um título o Germânia (1912; AFRJ), Andaray (1920), Olaria (1933) e Mavílis (1934).

Campeões dos Campeonatos de Aspirantes (29 edições):

  • Vasco, 11 títulos: 1942, 1943, 1946, 1947, 1948, 1949, 1960, 1961, 1964, 1966 e 1967;
  • Fluminense, 8 títulos: 1941, 1951, 1952, 1953, 1954, 1957, 1962 e 1963;
  • Botafogo, 5 títulos: 1944, 1945, 1958, 1959 e 1965;
  • Flamengo, 3 títulos: 1955, 1956 e 1970;
  • Conquistaram um título o Bangu (1950) e o America (1968).

O Campeonato Carioca de Amadores – De 1933 a 1944, foi disputado no Rio de Janeiro o Campeonato Carioca de Amadores. Esse campeonato era disputado por jogadores que optaram por não aderir ao profissionalismo. Em 1935 e 1936, houve dois campeonatos de amadores no Rio de Janeiro. Em 1935, o São Cristóvão foi campeão pela FMD e o Flamengo pela LCF. Em 1936, o Vasco foi campeão pela FMD e o America pela LCF.

O Campeonato Carioca de Amadores foi disputado pela última vez em 1944, tendo sido o Botafogo seu último campeão:

  • Vasco, 4 títulos: 1934, 1936 (FMD), 1937, 1941;
  • Botafogo, 3 títulos: 1942, 1943 e 1944;
  • Fluminense, 2 títulos: 1933 e 1938;
  • America, 2 títulos: 1936 e 1940;
  • Um título cada: Flamengo (1935, LCF), São Cristóvão (1935 FMD) e Madureira (1939).

 

O Velódromo de São Paulo – O Velódromo de São Paulo foi inaugurado em 1896 para a prática do ciclismo. Foi adaptado para a prática de futebol e transformou-se no principal palco do futebol paulista nos seus primeiros anos. Ficava no bairro da Consolação. Foi demolido em 1916.

O nome do Troféu Bonze Elihu Root – O Troféu Bronze Elihu Root recebeu esse nome em homenagem a Elihu Root, político americano, Senador por Nova York, Secretário de Guerra dos Presidentes William McKinley e Theodore Roosevelt, e Secretário de Estado do Presidente Theodore Roosevelt. Elihu Root foi laureado com o Prêmio Nobel da Paz em 1912. Ele nasceu em Clinton-NY no dia 15/02/1845 e faleceu em Nova York-NY no dia 08/07/1937.

Referências:

http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rjcamp2t.htm

http://www.rsssfbrasil.com/tablesr/rjcampam.htm

http://www.rsssfbrasil.com/historicse.htm#rj

Agradecimentos: Luiz Felipe Carneiro de Miranda, Auriel Martin e Eduardo Perini.