A Taça Colombo foi o primeiro troféu do Campeonato Carioca de Futebol de Primeiros Quadros da Primeira Divisão, quando o Rio de Janeiro ainda era a capital da República. Ela representa os campeões das primeiras 14 edições que vão de 1906 a 1919.

A Taça possui esse nome pois ela foi ofertada pela Casa Colombo, importante loja de artigos masculinos do início do século passado (não confundir com Confeitaria Colombo). Ela tinha algumas características: sua posse era transitória, o clube que a devolvesse não ficaria com uma réplica e a posse definitiva estava condicionada a conquista do campeonato por três anos seguidos. O Fluminense a conquistou em definitivo ao se sagrar tricampeão carioca de 1917, 1918 e 1919.

Um ponto importante é que o tetracampeonato conquistado pelo Fluminense em 1906, 1907, 1908 e 1909 não foi considerado para que a Taça Colombo ficasse em definitivo com o clube em 1908. Isso se deve a polêmica do campeonato de 1907. Esse campeonato teve apenas quatro participantes: Fluminense, Botafogo, Paysandu e Associação Athlética Internacional. O problema aconteceu por causa dos jogos do segundo turno da Internacional contra o Fluminense e Botafogo.

No primeiro turno, a Internacional perdeu do Fluminense por 5×0 no dia 05/05/1907 e do Botafogo por 2×0 no dia 14/07/1907. No segundo turno, a Internacional jogaria primeiro com o Botafogo no dia 29/09/1907 e depois com o Fluminense no dia 06/10/1907. No dia do jogo contra o Botafogo, a Internacional se apresentou para disputar a partida com apenas cinco jogadores. Diante da impossibilidade de realização do jogo, foi decretada a vitória botafoguense por WO com o placar de 1×0. Em decorrência do ocorrido no jogo contra o Botafogo, e para não prejudicar o campeonato, a Liga decidiu suspender a Internacional do jogo contra o Fluminense, tendo sido decretada a vitória tricolor por WO com o placar de 1×0. Com essa decisão, os jogos do segundo turno da Internacional contra Fluminense e Botafogo não influenciaram na definição do campeonato.

Terminado o campeonato, Fluminense e Botafogo tinham 10 pontos.

Antes do início do campeonato, no dia 01/05/1907, foi aprovado por maioria (Fluminense, Paysandu e A. A. Internacional), uma resolução que instituía um critério de desempate caso o campeonato terminasse empatado. O critério seria a média de gols por partida. Botafogo e Riachuelo votaram contra. O problema é que o regulamento, a Ata de Resolução da Liga Metropolitana de Sports Athléticos, não previa se esse tipo de alteração seria aprovada por maioria ou unanimidade. Terminado o campeonato, o Botafogo sugeriu a disputa de uma partida extra para que o campeão fosse definido. O Fluminense não aceitou a sugestão do Botafogo, e defendeu o critério de desempate que não era reconhecido pelo Botafogo. Não houve acordo, os clubes se desentenderam e a Liga foi extinta sem que o campeão fosse declarado.

A declaração do campeão de 1907 aconteceu 89 anos depois, quando em 1996 a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) declarou Fluminense e Botafogo os Campeões de 1907.

Esse imbróglio serviu para amadurecer os regulamentos e os critérios de desempate dos próximos campeonatos. Com pouquíssimas variações, os campeonatos por pontos corridos, mesmo sistema de 1906 e 1907, foram disputados até 1971, sendo os critérios de desempate bem definidos e sem margens a interpretações, questionamentos e polêmicas.

Independente do problema do campeonato de 1907, por duas vezes a posse da Taça Colombo quase foi definida. A primeira foi com o próprio Fluminense quando venceu os campeonatos de 1908 e 1909, tendo o Botafogo evitado o terceiro título após vencer o campeonato de 1910. A segunda foi com o Flamengo quando conquistou o bicampeonato de 1914 e 1915, tendo o America-RJ evitado o tricampeonato após vencer o campeonato de 1916.

A Taça Colombo foi conquistada em definitivo pelo Fluminense quando este se sagrou tricampeão dos anos de 1917, 1918 e 1919.

Cabe ressaltar que na base e no corpo da Taça Colombo estão gravados os nomes dos campeões dos primeiros quatorze campeonatos do Rio de Janeiro com os respectivos anos de suas conquistas:

  • 1906, Fluminense Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1907, Fluminense Football Club e Botafogo Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos*;
  • 1908, Fluminense Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos**;
  • 1909, Fluminense Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1910, Botafogo Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1911, Fluminense Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1912***, Paysandu Cricket Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1913, America Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1914, Clube de Regatas do Flamengo, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1915, Clube de Regatas do Flamengo, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1916, America Football Club, Liga Metropolitana de Sports Athléticos;
  • 1917, Fluminense Football Club, Liga Metropolitana de Desportos Terrestres;
  • 1918, Fluminense Football Club, Liga Metropolitana de Desportos Terrestres;
  • 1919, Fluminense Football Club, Liga Metropolitana de Desportos Terrestres;
*Extinta em 1907;
**Refundada em 1908 com o mesmo nome de 1907;
***Em 1912 o Botafogo venceu o campeonato organizado pela Associação de Football do Rio de Janeiro. A Taça Colombo era oferecida pela Liga Metropolitana de Sports Athléticos.

 

Reliquiando…

Taça Francis Walter – Juntamente com o Campeonato Carioca da Primeira Divisão, foi instituído em 1906 o Campeonato Carioca da Segunda Divisão. O Riachuelo Football Club foi o seu primeiro vencedor, tendo recebido o Troféu Bronze Correio da Manhã. Nos anos de 1907, 1908, 1909 e 1910, o campeonato não foi realizado. Em 1911, houve o Torneio Seletivo que indicaria um dos participantes da primeira divisão e o próprio campeonato da Segunda Divisão. O vencedor do Torneio Seletivo foi o Paysandu. O campeão da segunda divisão foi o Bangu Athletic Club, primeiro clube a receber a Taça Francis Walter. O nome da Taça era uma homenagem ao senhor Francis Henry Walter, um dos pioneiros do futebol na cidade do Rio de Janeiro e que foi Presidente do Fluminense de 1903 a 1908, tendo sido campeão carioca de 1906 atuando como goleiro. Da mesma forma que a Taça Colombo, sua posse era transitória, o clube que a devolvesse não ficaria com uma réplica e sua posse definitiva estava condicionada a conquista de três campeonatos. Diferente da Taça Colombo, as três conquistas não precisavam ser seguidas. O Carioca Football Club, hoje Carioca Esporte Clube, conquistou a Taça Francis Walter após vencer os campeonatos de 1913, 1916 e 1920. Ela representou oficialmente os campeonatos conquistados pelo Bangu Athletic Club (1911 e 1914; atualmente se chama Bangu Atlético Clube), Club Athletic Guanabara (1912), Andaray Athletic Club (1915), Cattete Football Club (1917), Americano Football Club (1918) e Palmeiras Athletic Club (1919). O Americano mencionado não possui qualquer relação com o Americano Futebol Clube da cidade de Campos dos Goytacazes-RJ.

Infelizmente, a Taça Francis Walter desapareceu.

Os dois campeonatos de 1912 – A cidade do Rio de Janeiro teve dois campeonatos de futebol em 1912. Um foi organizado pela Liga Metropolitana de Sports Athléticos e foi disputado por 8 clubes: Paysandu (campeão), America, Bangu, Flamengo, Fluminense, Mangueira, Rio Cricket e São Cristóvão. O outro foi organizado pela Associação de Football do Rio de Janeiro e foi disputado por 6 clubes: Botafogo (campeão), Americano, A. A. Internacional, Cattete, Germânia e Paulistano. A Associação existiu apenas por um ano. Em 1913, o Botafogo voltou à Liga Metropolitana de Sports Athléticos. A FFERJ reconhece os títulos de 1912 do Paysandu e do Botafogo como estaduais. Em 1912, a Taça Colombo foi entregue ao Paysandu, campeão do campeonato organizado pela Liga Metropolitana de Sports Athléticos.

O campeonato de 1911 – A origem do campeonato organizado pela Associação de Football do Rio de Janeiro em 1912 está relacionada ao campeonato de 1911. Esse campeonato seria disputado por 6 clubes em sistema de pontos corridos em turno e returno. O Riachuelo não disputou o campeonato pois encerrou suas atividades antes do seu início. Com isso, cada clube disputaria 8 partidas. No dia 25/06/1911, Botafogo e America estavam empatando por 1×1 quando Gabriel de Carvalho (America) deu uma entrada violenta em Flávio Ramos (Botafogo). Delamare (Botafogo) saiu em defesa de Flávio e todos os jogadores acabaram brigando. A Liga suspendeu Delamare por um ano, Gabriel por 30 dias e censurou os capitães dos dois times por não terem evitado a briga generalizada. Como consequência, o Botafogo se desfiliou da Liga.

Além do jogo contra o America, o clube havia disputado outras duas partidas, tendo vencido o Rio Criket por 3×0 no dia 14/05/1911 e o Paysandu por 4×0 no dia 04/06/1911. A partidas do Botafogo não foram consideradas para efeito de classificação. Com o abandono de Botafogo e Riachuelo, Fluminense (campeão), America, Paysandu e Rio Criket acabaram disputando 6 partidas cada.

A dissidência do Fluminense e o início do futebol do Flamengo – Faltando duas partidas para o final do campeonato de 1911, houve uma divergência entre parte dos jogadores do Fluminense e o Ground Comittee, órgão responsável pela escalação do time. A divergência aconteceu quando o Ground Comitte escalou o zagueiro Ernesto Paranhos no lugar do centroavante Alberto Borgeth para a partida Fluminense e Rio Cricket, no dia 10/09/1911. Borgeth, que fazia parte do Ground Comitte juntamente com Félix Frias, Alair Antunes e Afonso Castro, não concordou com a decisão e sugeriu que os demais jogadores fossem consultados. Feita a consulta, a maioria dos jogadores se pronunciou pela manutenção de Borgeth no time e pela substituição de Oswaldo Gomes por Arnaldo Guimarães. A escalação do Ground Comitte foi mantida. Para o último jogo do campeonato contra o America, o Ground Comittee escalou novamente Paranhos no lugar de Borgeth. Após o término do campeonato, Borgeth e oito jogadores (Arnaldo de Almeida, Emmanuel Nery, Ernesto Amarante, Gustavo de Carvalho, Lawrence Andrews, Orlando Sampaio Mattos, Othon Baena de Figueiredo e Píndaro de Carvalho) deixaram o Fluminense para iniciarem o Departamento de Esportes Terrestres do Flamengo. Apenas Osvaldo Gomes e James Calvert ficaram no Fluminense. Das seis partidas disputadas pelo Fluminense no campeonato de 1911, Borgeth jogou as quatro primeiras e Paranhos as últimas duas. Cada um marcou dois gols. Borgeth marcou dois gols na vitória contra o Rio Cricket por 5×0, no dia 11/06/1911, pela segunda rodada do campeonato. Paranhos marcou um gol na nova vitória por 5×0 contra o Rio Cricket no dia 10/09/1911 e o outro na vitória por 2×0 contra o America no dia 01/10/1911.

O Flamengo, fundado no dia 15/11/1895 para a prática do remo, disputou o seu primeiro campeonato de futebol em 1912. No turno, o Fluminense venceu o primeiro Fla x Flu da história por 3×2 no dia 07/07/1912. No returno, o Flamengo venceu por 4×0 no dia 27/10/1912. Os dois jogos foram realizados nas Laranjeiras. Alberto Borgeth foi campeão carioca de 1907, 1908 e 1911 pelo Fluminense e de 1914 e 1915 pelo Flamengo. Como Presidente do Flamengo, conquistou o campeonato de 1927. Antes da dissidência, Borgeth remava no Flamengo e jogava futebol no Fluminense.

Ernesto Paranhos foi campeão pelo Fluminense em 1909 e 1911.

Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco – Flamengo e Fluminense já possuíam uma ligação antes de se tornarem rivais no futebol. Era comum atletas praticarem remo no Flamengo e jogarem futebol no Fluminense. O mesmo valia para os torcedores que torciam para o Fluminense no futebol e para o Flamengo no Remo. Os clubes não eram rivais pois praticavam esportes distintos. Isso acabou em 1912. O Botafogo não tinha esse problema pois naquela época havia o Club de Regatas Botafogo, fundado em 1894, e o Botafogo Football Club, fundado em 1904. Os dois clubes foram fundidos em 1942, quando surgiu o Botafogo de Futebol e Regatas.

Em paralelo ao que acontecia no futebol, o Clube de Regatas Vasco da Gama, fundado em 1898, se dedicava a prática do Remo. Seu futebol surgiu em 26/11/1915 quando o clube recebeu praticantes de futebol do Lusitania Sport Club, fundado em 1913 e que estava em processo de extinção. O primeiro campeonato de futebol disputado foi a 3ª Divisão do campeonato carioca de 1916. O Vasco venceu o campeonato da segunda divisão em 1922 e conquistou o seu primeiro campeonato carioca da primeira divisão em 1923.

Qual campeonato o Flamengo deveria disputar em 1912? – Se o regulamento da época fosse seguido à risca, o Flamengo teria disputado a segunda divisão em 1912. Contudo, avaliou-se na época que isso não faria sentido pois o time do Flamengo era o time campeão de 1911 pelo Fluminense. O regulamento foi alterado, com o apoio do Fluminense, e o Flamengo pôde disputar o campeonato da primeira divisão de 1912. Outro ponto é que o Flamengo não tinha um campo para disputar suas partidas, condição para participação no campeonato. Novamente foi o Fluminense que ajudou o Flamengo alugando o campo das Laranjeiras, onde a equipe rubro-negra realizou todos os seus jogos do campeonato de 1912. Para o Fluminense, o Flamengo não tinha relação com o problema ocorrido em 1911 que culminou com a saída de 9 jogadores do seu time principal.

Paysandu Cricket Club – O Paysandu disputou sete campeonatos de futebol da primeira divisão (1906, 1907, 1908, 1911, 1912, 1913 e 1914), tendo sido campeão carioca em 1912. Em 1911, venceu o Torneio Seletivo que indicaria um dos participantes do campeonato da 1ª Divisão do mesmo ano. Em 1914 o clube extinguiu a prática de futebol e mudou seu nome para Paysandu Athletic Club. Atualmente se chama Paysandu Atlético Clube e está localizado no Leblon, próximo a Lagoa Rodrigo de Freitas. Em 2012, como parte das comemorações dos 100 anos do título de 1912, o Paysandu solicitou ao Fluminense o empréstimo da Taça Colombo para que ela fosse exposta no clube, o que foi gentilmente feito pelo Fluminense.

O Distrito Federal, o Estado da Guanabara, o Estado do Rio de Janeiro, a unificação dos dois estados e a unificação dos dois campeonatos – O Distrito Federal tinha como capital a cidade do Rio de janeiro. O Estado tinha como capital Niterói. O Distrito Federal passou a ser o Estado da Guanabara em 1960 com a inauguração de Brasília-DF. Em 1975 os Estados da Guanabara e do Rio de Janeiro foram unificados, formando assim o atual Estado do Rio de Janeiro cuja capital é a cidade do Rio de Janeiro. Os campeonatos dos antigos Estados da Guanabara e do Rio de Janeiro foram unificados em 1979.

O esquecido campeonato de futebol do Estado do Rio de Janeiro, capital Niterói – O antigo Estado do Rio de Janeiro, capital Niterói, tinha o seu campeonato estadual de futebol. Ele foi disputado pela primeira vez em 1915, tendo sido o Ararigboya Football Club o primeiro campeão. O Goytacaz Futebol Clube foi seu último campeão em 1978.

Marcos Carneiro de Mendonça – Pouco antes de falecer no dia 19/10/1988, Marcos Carneiro de Mendonça esteve nas Laranjeiras para realizar uma palestra sobre os primórdios do futebol carioca. Essa palestra foi realizada entre os anos de 1987 e 1988. O vídeo é uma excelente fonte de pesquisa, mas o senhor Marcos comete um pequeno erro quando diz que a Taça Colombo foi instituída em 1908, quando na verdade ela foi instituída em 1906. Vale ressaltar que na época da palestra, o senhor Marcos tinha pouco mais de 93 anos.

Marcos Carneiro de Mendonça jogou pelo Haddock Lobo, America-RJ e Fluminense, tendo sido campeão carioca de 1913 pela America-RJ e de 1917, 1918 e 1919 pelo Fluminense, atuando como goleiro. Pela Seleção Brasileira foi campeão dos Campeonatos Sul-Americanos de 1919, primeiro título da Seleção Brasileira, e 1922. Como Presidente do Fluminense, conquistou o campeonato carioca de 1941.

A palestra do final da década de 80 foi compartilhada pelo senhor Victor Arantes no Youtube e está dividida em 6 vídeos com pouco mais de 30 minutos no total.

Agradecimentos: Alexandre Berwanger, Auriel Martin, Carlos Molinari, Dhaniel Cohen, João Claudio Boltshauser, Manoel Martins, Marcelo Victor Teixeira e Paulo Cezar Filho.

Referência:

História dos Campeonatos Cariocas de Futebol, 1906/2010, Roberto Assaf e Clovis Martins, Editora Maquinária;

The Rec.Sports.Soccer Statistics Foundation

http://www.rsssfbrasil.com/historicse.htm#rj

Jornalheiros, O Blog do PC Filho, Sobre o Campeonato Carioca de 1907

http://jornalheiros.blogspot.com.br/2010/10/sobre-o-campeonato-carioca-de-1907.html

Histórias do Flamengo, Mário Filho, Editora Mauad X;

Fluminense Football Club, Rua Álvaro Chaves nº 41, Laranjeiras, Rio de Janeiro-RJ

Telefone: 21-3179-7400