Edson Castro é restaurador de móveis antigos; coloniais D. João V, D. José I, D. Maria I e D. João VI, e modernos de design, principalmente das décadas de 1940, 1950, 1960 e 1970. Com 40 anos de experiência, Edson é um dos principais restauradores de móveis antigos de São Paulo.

 

Edson Castro e a restauração de móveis antigos e coloniais

Edson Castro nasceu em Vitória da Conquista, Bahia, e veio para São Paulo no final da década de 1960. No início da década de 1970, começou a trabalhar com a restauração de móveis antigos e coloniais como D. João V, D. José I, D. Maria I e D. João VI. Foi também nesse período que Edson começou a trabalhar com uma importante atividade, mas infelizmente em extinção, o empalhamento de cadeiras.

Primeiramente, Edson trabalhou como ajudante de restauração no antiquário de Ida Machado. Seu mentor foi o falecido restaurador Edvaldo Nascimento da Silva. Foi com ele que Edson aprendeu a arte de restaurar móveis antigos. Era uma vocação pois em sua família não havia marceneiros. Em meados na década de 1970, ele passou a atender os mais renomados colecionadores e tradicionais antiquários de São Paulo, entre eles Natal Zani e Alameda Casa Branca.

 

O móvel moderno de design

No começo da década de 1990, Edson começou a trabalhar com a restauração de móveis modernos, principalmente das décadas de 1940, 1950, 1960 e 1970, feitos por designers como Joaquim Tenreiro, Lina Bo Bardi, Lúcio Costa, Martin Eisler, Sérgio Rodrigues, Zanine Caldas, Scapinelli, Dinucci e Percival Lafer. Entre as empresas, ele já restaurou os móveis feitos pela L’Atelier, Acquaviva Móveis Artísticos, Móveis Cimo e pelo Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.

Atualmente, Edson atende decoradores, arquitetos, colecionadores particulares e galerias como a LL Galeria, Roberto Alban Galeria e Bortoletto Leilões.